Image Image Image Image Image
Scroll to Top

To Top

Selecione a página
More Info
Read More
Renata Stoduto

Renata Stoduto

 

avatar_renata-01

Fotógrafa profissional desde a década de 1990, Renata é formada em Jornalismo pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, especialista em Poéticas Visuais (Feevale-RS) e Mestre em Comunicação Social pela PUCRS. Atualmente é professora de fotografia nas graduações de Comunicação Social da ESPM e da graduação em Fotografia da Unisinos.
Participou de diversas exposições coletivas e individuais no Rio Grande do Sul e foi contemplada, em 2009, com o prêmio Salão do Jovem Artista (regional Porto Alegre). Seu projeto Amores Líquidos foi selecionado para os Festivais Internacionais de Fotografia: Paraty em Foco e FIF (Cabo Verde) em 2014.

ALGUNS TRABALHOS

Amores Líquidos

 

A série de autorretratos apresentada aqui compõe a obra Amores Líquidos que busca uma reflexão sobre a liquidez dos relacionamentos contemporâneos. Se, por um lado, a fotografia eterniza o ritual do casamento, tão caro a cultura ocidental, por outro lado ela expõe a fragilidade do mesmo. Ao me apropriar de várias fotografias de casamento e colocar meu próprio rosto sobre o rosto de diferentes noivas proponho (ironicamente) uma reflexão sobre o papel da fotografia e do amor nas relações humanas. O término de meu casamento deu início ao trabalho a partir da dúvida e do estranhamento que as imagens do álbum da cerimônia traziam. O amor estava morto, era efêmero, mas as fotografias estavam vivas, eram eternas e traziam consigo a memória da relação e a lembrança do que agora era somente um papel social, uma vez que o vínculo afetivo tinha se perdido. O título da obra faz menção ao filósofo Zigmunt Bauman em seu livro Amor Líquido (2004) no qual ele questiona a fluidez dos amores na atualidade.

AmoresLiquidos02

AmoresLiquidos03

AmoresLiquidos04

AmoresLiquidos05

AmoresLiquidos06

 

Animal Print

Na imensidão da floresta amazônica, todos parecem ávidos pelo encontro com a vida selvagem. A Amazônia, que representa mais da metade de todo a área de florestas tropicais do nosso planeta e possui a maior biodiversidade que conhecemos, muitas vezes se esconde em meio a paisagem infinita que mescla o verde intenso da mata fechada com as profundas águas dos Rios Negro e Solimões. Enquanto o encontro com os animais não chega, o imaginário dos visitantes é alimentado por imagens mudas, congeladas ou até mesmo enjauladas da floresta e de seus habitantes.
Animal Print é um projeto fotográfico desenvolvido durante uma navegação nos Rios Negro e Solimões em plena Amazônia Brasileira e busca, por meio de suas imagens, refletir sobre como o imaginário da floresta selvagem é reforçado ou mesmo construído durante a experiência dos turistas que visitam esta região tão pouco explorada do Brasil.

AnimalPrint01

AnimalPrint02

AnimalPrint03

AnimalPrint04

AnimalPrint05

AnimalPrint06

 

Ministra o curso:

Acesse o site: http://renatastoduto.com.br/

 Comentar